segunda-feira, 26 de junho de 2017

Mateada pela vida levou centenas de pessoas a principal Praça de Crissiumal

Evento aconteceu neste domingo


Centenas de Crissiumalense aproveitaram o domingo de calor e foram à Praça 25 de Julho, Praça da Matriz, participar e acompanhar as atrações da V Mateada Pela Vida.
A Mateada foi uma ação do Projeto- Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida, que trabalha a prevenção ao uso de drogas, e é apoiado pelo Banco Itaú.
A 5ª Mateada pela Vida iniciou pela manhã e contou com muitos atrativos. As crianças aproveitaram os brinquedos infláveis, a pintura de rosto, o arvorismo, a pescaria, entre outros. Além disso, o público em geral aprovou as apresentações artísticas e de dança, exposição de artesanato, passeio a cavalo, sorteio de brindes, distribuição gratuita de erva-mate, água quente, pipoca e algodão doce. A Secretaria Municipal de Saúde também realizou testes gratuitos de saúde aos interessados. Brindes doados pela ACI e por empresas de Crissiumal foram sorteados.
O COMAD Juvenil teve um espaço onde expôs para conhecimento da popuçaão a Campanha de prevenção ao uso de drogas.
Entre as atrações culturais, o GEMP apresentou danças com seus núcleos das escolas de dança de Crissiumal, Humaitá Boa Vista do Buricá e Nova Candelária. A Invernada Artística do CTG Estância da Saudade também abrilhantou o evento, assim como a Banda Jesus é o Caminho.
O evento foi alusivo ao Dia Internacional da Luta Contra ás Drogas, que é lembrado no dia 26 de junho.




Fonte e Fotos: Clécio Marcos Bender Ruver - Guia Crissiumal

Postado: Guilherme Lanz - Projeto Capacitar para Prevenir

Siga nos no facebook - facebook.com/comadjuvenil

Para quaisquer dúvida, entre em contato conosco - projetocapacitareprevenir@crissiumal-rs.com.br

terça-feira, 20 de junho de 2017

5ª Mateada pela Vida - Conversando sobre drogas

Assistente Social Fernanda Cavalheiro e Psicóloga Veranice Tatiane Zingler com alunos em entrevista a Rádio Metrópole

Equipe do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida, da Secretaria Assistência e Desenvolvimento Social representado pela Assistente Social Fernanda Cavalheiro e Psicóloga Veranice Tatiane Zingler e os alunos representantes da Turma do Comad Juvenil do núcleo da cidade, envolvendo as escolas: Madre Paulina, Rotermund, Ponche Verde, Alcido brust, Rocha Pombo, Tuiuti, Érico Veríssimo, São Sebastião e Júlio Correia da Mora, participaram de uma entrevista na Rádio Metrópole com o tema: Conversando sobre drogas com os jovens, além de ser reforçado o convite para 5º Mateada pela Vida que será realizado na Praça da Matriz no dia 25/06/2017 das 10h às 17h.
Assistente Social Fernanda relatou sobre o projeto que está sendo desenvolvido aqui em Crissiumal, o Projeto Capacitar para Prevenir apoiado pelo Banco Itaú, que visa trabalhar com os jovens sobre a prevenção ao uso de drogas como multiplicadores da campanha de valorização da vida. Por este motivo que o projeto possui alunos de todas as escolas do município, iniciado no mês de março e previsão de conclusão até o final de 2017, onde estaremos concluindo a etapa de capacitação para pais, professores e alunos. Objetivo nesse primeiro momento é fornecer ferramentas para o fortalecimento dos fatores de proteção ao uso drogas nas escolas, mas com o envolvimento da família.
Segundo o escritor e psiquiatra Içami Tiba em seu livro “Juventude e Drogas: Anjos Caídos” ele traz afirmação que “quem é feliz não usa drogas”, pois a felicidade é saber superar frustrações, não há como satisfazer todos os desejos. E o desejo pelo prazer é muito grande, ele pode até ser saciado, mas a saciedade aos poucos vai passando e nós continuamos a desejar mais e mais. O ser humano é o único ser vivo que estabelece uma distinção entre o que é bom e o que é ruim, por isso, o ser humano sabe que nem tudo que dá prazer é bom. A droga provoca prazer, mas não é boa, pois prejudica o corpo, a mente, a família e a sociedade, quanto maior o uso, maior o prejuízo. Cada ser humano pode ter maior ou menor resistência à droga, mas ninguém consegue controlar as reações bioquímicas que ela provoca dentro do organismo. O único controle que qualquer pessoa tem sobre a droga é o de não experimentá-la. Não se pode confundir prazer químico com felicidade, a droga causa momentos de alegria que desaparecem, dando lugar a um vazio na alma. A felicidade preenche o ser humano, fornecendo-lhe alimento durante os períodos difíceis, valorizando-o pelo o que ele é, e não pelo que não possui naquele momento.
Outra citação que faz com que reflitamos sobre a questão das drogas é bíblica, em 1 Coríntios 6:16 fala que “todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm, todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”. Quer dizer que muitas coisas hoje em nossa sociedade são permitidas por lei, no caso das drogas licitas, mas precisamos avaliar se esse uso não vai acarretar consequências as nossas vidas, e principalmente não se deixar dominar pelo uso. No caso da dependência química, quando instalada traz consequências para toda a vida, como Psiquiatra Içami Tiba traz não há como ter controle sobre a droga e essa problemática precisa ser esclarecida tanto na família, escola e comunidade. Para isso é necessário adquirir conhecimento sobre este tema, passando a dispor de recursos importantes para ajudá-los a evitar o uso de drogas e suas consequências, esses recursos são chamados fatores de proteção.
Quando falamos de drogas, do que estamos afinal falando?  Segundo a Psicóloga Veranice, droga é qualquer substância não produzida pelo organismo que altera o funcionamento normal do corpo. Algumas delas podem afetar a pessoa modificando sua maneira de perceber as coisas, pensar, sentir e se comportar; são as chamadas drogas psicoativas. Existem drogas que são licitas, ou seja, cuja venda é permitida por lei, bebidas alcoólicas, cigarro, solventes e determinados medicamentos. Há drogas ilícitas, ou seja, aquelas que têm produção, venda e uso proibidos por Lei, independentemente da idade do usuário, como maconha, cocaína, crack, merla e êxtase.
E aí vem a pergunta: Mas, afinal, porque os jovens usam as drogas? As pesquisas mostram que diferentes motivos levam os jovens a usar drogas, como: buscar uma experiência nova, buscar sensação de prazer, diminuir preocupações, medo de enfrentar um sentimento ou um problema, vontade de entrosar-se com um grupo de amigos, curiosidade para descobrir que tipo de sensação elas causam, entre outras questões. Tudo isso pode motivar um jovem a usar drogas, o problema é achar que as drogas trazem uma solução mágica, tem gente que quando está preocupada ou nervosa, usa uma droga para relaxar, se está triste usa uma droga para ficar alegre, acontece que as drogas no máximo podem causar alívio por um curto período de tempo, mas depois volta tudo de novo. Algumas pessoas acreditam que podem usar e abusar e parar quando quiserem que têm o controle da situação, isso costuma ser um grande e perigosa ilusão. A pessoa vai fazendo uso e quando percebe está dependente, como afirmação do Psiquiatra e Escritor Içami Tiba “O único controle que qualquer pessoa tem sobre a droga é o de não experimentá-la.”
Na Turma do Comad Juvenil objetivo neste primeiro momento é fornecer ferramentas para os fatores de proteção ao uso de drogas, nesta perspectiva iniciamos nossas atividades trabalhando a questão do Autoconhecimento, que é o conhecimento que o indivíduo tem de si mesmo, destacando que quando nos conhecemos melhor, temos um controle maior sobre nossas emoções e isso nos ajuda a evitar alguns sentimentos destrutivos, como ansiedade, baixa autoestima, frustração, instabilidade emocional e, nos auxilia na busca de soluções conscientes e eficazes para nossos problemas. Foram trabalhados também, o Relacionamento interpessoal, sendo esclarecida a importância das relações interpessoais no desenvolvimento vital e as Fases da Adolescência, as quais foram trabalhadas com o objetivo de esclarecer aos jovens os conflitos e dúvidas presentes nesta fase do desenvolvimento humano. Os temas abordados até este momento, visaram o fortalecimento do adolescente para o enfretamento das adversidades de forma saudável. Então, nós estamos fortalecendo estes jovens para que eles não entrem no mundo das drogas e sim consigam enfrentar seus problemas de forma saudável.
A 5º Mateada pela Vida que acontecerá no dia 25 de Junho será na Praça da Matriz, no domingo, das 10hs às 17h. Essa ação faz parte do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida, apoiado pelo Banco Itaú, que trabalha com a prevenção ao uso de drogas.
Teremos na Mateada muitos atrativos. Diversão para as crianças com diversos brinquedos e pintura no rosto; prática de arvorismo, com Professor Fábio Lippert; apresentação com a Banda de Música Jesus é o Caminho e a ABEMEC; espaço dos lanches com ABEMEC e APAE; exposição de artesanatos; passeio à cavalo, com a Campeira do CTG de Crissiumal; espaço para a turma do Comad Juvenil expor a campanha de prevenção ao uso de drogas; apresentações artísticas de dança do Grupo Étnico Madre Paulina de Crissiumal, Boa Vista do Buricá, Nova Candelária e Humaitá e Grupo do CTG; espaços de visitação da rede de atendimento: Secretaria de Saúde estará com a Equipe de Saúde da Família com orientações e verificação de pressão arterial e Dentista com orientações sobre saúde bucal; sorteio de brindes através da Pipoca Premiada;e, erva-mate, água quente, pipoca e algodão doce gratuitos. Basta você trazer sua cadeira e sua família e prestigiar o nosso evento.
Fonte: Tiba, Içami. Juventude e drogas: anjos caídos. São Paulo: Integrare Editora, 2007. Conversando sobre drogas com os jovens. Organizadoras Paulina do Carmo Arruda Duarte, Maria Lucia Oliveira de Souza Formigoni, Brasilia: Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, 2010.
Fotos: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal - Rádio Metrópole
Postado: Guilherme Luan Neuhaus Lanz

terça-feira, 30 de maio de 2017

Vem ai... a 5ª Mateada pela Vida

A Mateada irá acontecer no dia 25/06 (domingo), na Praça da Matriz de Crissiumal.


Banner: Equipe do Projeto Capacitar para Prevenir

Postado por: Guilherme Luan Neuhaus Lanz

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Intercâmbio Projeto Capacitar para Prevenir abordou tema de combate a abuso sexual

O evento mobilizou mais de 200 crianças e adolescentes com diversas atividades,  realizada no Auditório da Escola Estadual de Ensino Médio Ponche Verde, com turmas no período da manhã e tarde.
Realizado pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social através do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida e a ABEMEC – Associação de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Crianças e Adolescentes e COMDICA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, atividades voltadas para os alunos da Turma do COMAD Juvenil turmas do núcleo da cidade e da Escola Riachuelo, alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da ABEMEC e APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais.


O Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida, realizou o primeiro intercâmbio entre as Turmas Comad Juvenil no dia 18 de maio de 2017, através do evento alusivo ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Com objetivo de encorajar a denúncia e promover o fim da violência sexual contra crianças e adolescentes, foram realizados esclarecimentos aos participantes do evento acerca do conceito, tipos de violência, perfil do abusador, como também, as formas de denúncia.


Na oportunidade foi realizada a apresentação da peça teatral Chapeuzinho Vermelho, adaptada para o tema Abuso Sexual com elenco formado por: Luciele Huber (Psicóloga da ABEMEC), Géssica Queiroz (Assistente Social ABEMEC), MarcielI Lardine (Projeto COMAD), Guilherme Lanz (Projeto COMAD), Bruna Massmann (estagiária ABEMEC), Adilson Lopes (Professor de Música ABEMEC), Lucina Wahlbrin (Pedagoga ABEMEC), Luana Tondolo (estagiária ABEMEC), Cristina Hentgs (estagiária ABEMEC).


Como também, palestra sobre o assunto com a Psicóloga do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha da Valorização da Vida Veranice Tatiane Zingler. O evento contou apresentação musical do Coral da  ABEMEC – Associação de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Crianças e Adolescentes, entrega de material informativo.
A peça teatral visou transmitir aos participantes de forma lúdica episódios de violência sexual contra a criança e adolescente, representados pela personagem infantil Chapeuzinho Vermelho, e o abusador, pelo lobo vestido de carneirinho, ressaltando que na maior parte dos episódios de abuso sexual contra criança e adolescente o abusador se aproxima da vítima, tentando conquistar sua confiança para posteriormente cometer a violência.


O abuso sexual é definido como o envolvimento de uma criança ou adolescente em atividade sexual inapropriada com um adulto, sendo que a atividade sexual é destinada à gratificação sexual desta outra pessoa. O abuso sexual pode ocorrer sem contato sexual (voyeurismo, exibicionismo), com contato sexual sem penetração (toques, carícias e masturbação) ou com penetração sexual (vaginal, anal e oral) (Araújo, 2002; De Antoni & Koller, 2000; Habizang et al., 2005).


Araújo (2002) refere-se ao abuso sexual como uma forma de violência, a qual envolve poder, coação e/ou sedução, sendo que na maioria dos casos praticados é sem uso da força física e não deixa marcas visíveis, fato este que dificulta sua comprovação.
A Programação foi estendida para hoje, dia 19 de maio, com Capacitação para a equipe do Serviço de Convivência e
Fortalecimento de Vínculos APAE, ABEMEC e CRAS e Conselho Tutelar – Local: Antiga ABEMEC, com horário das 13h30min. ás 16h30min. A capacitação continuada é fundamental para formação dos profissionais que atuam no atendimento de crianças e adolescentes, o tema será sobre “Violência contra a criança e o adolescente”, onde contará com a Palestra da Professora da SETREM, Psicóloga Cris Krindges.




Fonte: Projeto Capacitar para Prevenir / Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social
Fotos: Equipe do Projeto Capacitar para Prevenir e Andréia Queiroz / Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal
Postado por: Guilherme Luan Neuhaus Lanz

terça-feira, 16 de maio de 2017

Campanha Faça Bonito terá atividades em Crissiumal


A Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) lançou a Campanha de mobilização para o “18 de maio – Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. A campanha é realizada pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e ECPAT Brasil, em parceria com a SNDCA, o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), Polícia Rodoviária Federal e ChildHood.

O Dia 18 de Maio foi criado pela Lei Federal Nº 9.970/00, como o Dia Nacional de Luta contra o Abuso e a Exploração sexual, pois no dia 18 de maio de 1973, em Vitória-ES, aconteceu o sequestro da menina Araceli, que aos oito anos de idade, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada, morta e carbonizada por jovens, de classe média alta, daquela cidade. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, desde o momento em que Araceli entrou no carro dos assassinos, até o aparecimento de seu corpo, desfigurado pelo ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória. A família da menina silenciou diante do crime, sua mãe, viciada em cocaína, foi acusada de fornecer a droga para pessoas influentes da região, inclusive para os próprios assassinos e até hoje, o caso ficou impune.

Desta forma, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social através do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida e a ABEMEC – Associação de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Crianças e Adolescentes, Conselho Tutelar, COMDICA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, estará promovendo no dia 18 de Maio de 2017, atividades voltadas para os alunos da Turma do COMAD Juvenil, alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da ABEMEC e APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. Com objetivo de mobilizar os diferentes setores sociais, governamentais e da mídia, para a formação de uma forte opinião pública, contra a violência sexual de criança e adolescente, e com isso, estimular e encorajar as pessoas a denunciarem situações de violência sexual.

Com o slogan: Faça Bonito - Proteja nossas crianças e adolescente, a ação convoca a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes, no Brasil. Desde 2009, é utilizado o símbolo de uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a fragilidade de uma criança. O desenho, também, tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação junto à sociedade, ou seja, proximidade e identificação com a causa.

É preciso garantir a toda criança e adolescente, o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual!

Atividades alusivas 

18/05 – das 9h às 11h (Manhã) e das 14h às 16h (Tarde) – Apresentação Teatral, música e palestra sobre temática do abuso e exploração sexual, pela equipe do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha da Valorização da Vida e da ABEMEC – Associação de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Crianças e Adolescentes – Local: Auditório Ponche Verde.

19/05 – 13h30 às 16h30min – Capacitação para a equipe do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos APAE, ABEMEC e CRAS e Conselho Tutelar – Local: Antiga ABEMEC.

Fonte: Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social / Projeto Capacitar para Prevenir

Postado: Guilherme Luan Neuhaus Lanz

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Projeto Capacitar para Prevenir inicia capacitação continuada com a Turma de Professores e Rede de Atendimento


A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social nesta sexta-feira dia 05/05 iniciou as atividades com a Turma de Professores e Rede de Atendimento, que faz parte do Projeto Capacitar para Prevenir: Multiplicadores da Campanha de Valorização da Vida apoiado pelo Banco Itaú. Essa ação ocorreu na sala cedida pela ABEMEC ao Projeto, localizada na Avenida Santa Rosa n.º 760, pelo período da manhã e contou com a participação de mais de 50 pessoas, entre elas estavam presentes os professores indicados pelas escolas municipais e estaduais para ser seus representantes e aliados na proposta do Projeto Capacitar para Prevenir, convidados das entidades ABEMEC – Associação de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Crissiumal, Hospital de Caridade de Crissiumal, Conselheiros Tutelares, CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, Secretaria de Saúde, Alcoólicos Anônimos, representantes de Instituições Religiosas: Igreja Jesus é o Caminho e Assembleia de Deus.


A formação continuada dos professores e rede de atendimento tem por objetivo criar um espaço de diálogo e troca de informações entre professores e os técnicos e funcionários que compõem a rede de atendimento sobre a temática das drogas, tanto no que envolve a prevenção como tratamento ao depe ndente químico, com intuito despertar neste público o engajamento com as questões sociais da escola, traçando o planejamento de uma ação que irá beneficiar a escola em suas necessidades. A carga horária é de 40hs de curso com entrega de certificado e atestado de presença para participação mínima de 75%.




Foi dada a Largada para as Aulas do Projeto


Tiveram início na ultima semana, as aulas das Turmas Comad Juvenil, as quais são formadas pelos alunos selecionados de cada escola. As aulas estão acontecendo em dois núcleos, o Núcleo 1, na Escola Municipal Riachuelo, (Escolas Riachuelo, La Salle, Uruguai e Egon Trentini), e o Núcleo 2,  na Avenida Santa Rosa, 760, na Sede da ABEMEC (Escolas Rotermund, Madre Paulina, São Sebastião, Rocha Pombo, Ponche Verde, Júlio Correa da Motta, Alcido Brust e Tuiuti).


O primeiro encontro de cada turma teve como tema o autoconhecimento, sendo que no primeiro momento foi realizada a apresentação da equipe e dos alunos através de psicodinâmica, visando à interação e a construção de vínculos entre os presentes. Além disso, os mesmos apresentaram suas expectativas de cada um em relação ao projeto. Posteriormente, foram apresentados aos alunos, o conceito de autoconhecimento, aspectos físicos, cognitivos e emocionais do ser humano, sendo realizada atividade lúdica para melhor compreensão do tema, como também, para a prática efetiva do autoconhecimento.


Os alunos demostraram interessados pelo tema, sendo extremamente participativos em todas as atividades realizadas. Quanto as expectativas em relação ao projeto, os alunos apresentaram o interesse em aprender mais coisas referentes aos temas propostos, como também, na criação de estratégias para trabalharem a prevenção do uso de drogas tanto na escola, quanto em outros contextos em que estão inseridos.